Buscar

Notebook pago pelo governo: Professores do Estado têm até quarta-feira para prestar contas da compra


- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


Os professores das escolas estaduais que receberam recursos para comprar notebooks, devem prestar contas até esta quarta-feira.


O Governo do Estado depositou na conta dos profissionais o dinheiro para aquisição dos computadores que devem ser utilizados nas aulas remotas durante o período de Pandemia da covid-19, em que não estão acontecendo atividades presenciais.

Este prazo, de 30 de junho, é para aqueles que receberam o recurso no primeiro lote, que foi pago em 31 de março.


Quem recebeu o dinheiro do notebook no segundo lote, no dia quatro de maio, pode prestar contas até o dia dois de agosto. Já aqueles que receberam no terceiro lote, no dia 10 de junho, têm o prazo estendido até oito de setembro.

De acordo com o Governo do Estado, o profissional que não prestar contas até a data determinada, terá o valor descontado, em até seis vezes, na folha de pagamento.

No caso dos interinos, o desconto vai ocorrer até o fim do contrato, caso ocorra antes de seis meses.


Desde o início do “Programa de Aquisição de Notebooks e Custeio de Internet”, 17 mil 915 profissionais da educação já receberam, em suas contas pessoais, o valor de três mil e 500 reais para aquisição do computador portátil. Cerca de 13 mil já prestaram conta.

Mato Grosso investiu 62 milhões 702 mil e 500 reais no programa.

Sapicuá