Buscar

Morre jovem que foi queimado após negar fazer sexo com 2 homens

Jean estava internado há 10 dias no Hospital Municipal de Cuiabá com queimaduras de 2º e 3º graus

- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


O menor de 17 anos, identificado com Jean Alexandre dos Santos, que foi queimado após negar praticar sexo com dois homens, em São Pedro da Cipa (151 km de Cuiabá) no começo deste mês, não resistiu aos ferimentos e faleceu na madrugada desta segunda-feira (19.04). Ele estava internado há 10 dias no Hospital Municipal de Cuiabá com queimaduras de 2º e 3º graus. Conforme já informado pelo Capital Notícia, o caso aconteceu no último 7 de abril. Jean estava na companhia de dois homens, identificados como ‘Dilmisinho’ e ‘Bebê’ bebendo, quando em determinando momento os suspeitos começaram a assediar o menor e insinuarem que queriam transar com ele. Assustado, a vítima negou o ato e foi quando, Bebê pegou um frasco de gasolina, jogou no rosto do menino e ateou fogo. Ele foi preso em flagrante ainda no mesmo dia. O jovem teve queimaduras de 2º e 3º graus e foi encaminhado, a princípio, para o hospital de Querência. Contudo, devido à gravidade dos ferimentos, foi preciso ser transferido para o Hospital Municipal de Cuiabá. Nesta segunda-feira, Jean não resistiu e veio a óbito. Polícia Civil foi acionada para liberar o corpo, já que se trata de um crime de homicídio. Não há detalhes sobre velório e enterro do corpo do menor. Polícia continua investigando o caso.


Capital Notícia