Buscar

Marido mata a esposa, denuncia que ela 'sumiu' e acaba preso em MT


- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) -CLIQUE AQUI


Diego Fernandes de Almeida, 29, foi preso em flagrante nesta segunda-feira (23), após ele procurar a delegacia para denunciar o desaparecimento da esposa Andrea Ramos Costa, 31. Mas, em uma rápida busca pela casa da família, a polícia encontrou vestígios de sangue pelo local, no carro do homem e conseguiu localizar o corpo da vítima aos fundos de uma serraria do Distrito de Guariba, em Colniza (1.065 km ao Noroeste de Cuiabá). Ele foi autuado por feminicídio.

De acordo com as informações, suspeito chegou na delegacia pouco depois das 8h junto com o enteado, filho da vítima, relatando que Andrea estava desaparecida. Os investigadores perceberam que o homem estava muito nervoso, o que causou suspeita.

Depois, passaram a ligar no celular da vítima, que chamava normalmente. Em buscas na casa do rapaz, os policiais encontraram o celular da mulher dentro do roupeiro. Encontraram ainda uma bermuda vermelha do marido dela com vestígios de sangue.

Ainda no local, foi constatado que a caminhonete dele estava com outros vestígios de sangue na carroceria e que havia ainda areia na superfície do carro.

Com base nessas evidências, Diego recebeu voz de prisão e os investigadores continuaram procurando mais informações para esclarecer o desaparecimento de Andrea. Nessa altura, a família da vítima já tinha se mobilizado em busca do corpo da vítima.

Imagens mostram ação do homem

Polícia conseguiu imagens de Diego usando uma bermuda vermelha por volta das 4h. Ele é visto saindo de casa, colocando um colchão na carroceria da caminhonete. Em diligências, a polícia encontrou o colchão queimado perto de uma serraria, que fica na MT-206, cerca de 3 km da vila.

Vídeo mostra ainda que o suspeito coletou areia para levar para a casa. Na carroceria da caminhonete, onde tinha vestígios de sangue, foi encoberta com areia. O colchão da cama do casal foi trocado e o lençol com manchas de sangue foi encontrado pela irmã da vítima dentro de uma máquina de lavar.

Já por volta das 13h26, as autoridades foram informadas que o corpo de Andrea foi encontrado em frente ao portão de outra serraria, ainda na MT-206. O local foi isolado para a perícia. Vítima estava com um ferimento contundente na cabeça. A notícia da morte de Andrea causou comoção popular na cidade.

Moradores se reuniram na porta do batalhão com objetivo de linchar o suspeito, que acabou sendo agredido por uma irmã da vítima, que se desesperou ao descobrir que Andrea estava morta. O autor do crime foi retirado do local e encaminhado para a delegacia.


Yuri Ramires