Buscar

Mais de 10 mil aposentados e pensionistas de MT podem ter pagamento suspenso

Quem não finalizar a atualização cadastral terá o benefício suspenso, até a regularização e novo ciclo da folha de pagamento

- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


Servidores aposentados e pensionistas do Estado de Mato Grosso têm até as 23h59 desta sexta-feira (09.07) para realizar o recadastramento no Censo Previdenciário de forma remota, pelo sistema do Mato Grosso Previdência (MT Prev). Quem começou o recadastramento mas não enviou todos os documentos também precisa finalizar o procedimento para que não tenha o pagamento bloqueado.

O atendimento presencial segue até as 17h30, na Controladoria Geral do Estado (CGE), no Centro Político Administrativo.

O recenseamento que começou em dezembro do ano passado, é obrigatório para todos os inativos que tiveram o benefício concedido até 30 de julho de 2020. Quem não fizer a atualização cadastral terá o benefício suspenso, até a regularização junto ao MT Prev e novo ciclo da folha de pagamento.

Segundo o diretor de previdência, Érico Almeida, o objetivo do censo é melhorar a base cadastral e a gestão previdenciária.

"Além de ser uma determinação legal, os dados coletados são essenciais para as projeções do cálculo atuarial, além de ajudar a identificar benefícios irregulares", explica.

Para dúvidas ou dificuldades no cadastro, além do telefone do MT Prev (65) 3363-5300, há o WhatsApp exclusivo para o Censo: (65) 9 9959-0350 e o e-mail censo@mtprev.mt.gov.br.

- Lista da documentação necessária

Alline Barros | MT Prev