Buscar

Homem tem pés e mãos amarrados e é executado com tiros na cabeça

Luiz Henrique teria sido assassinado ainda na noite dessa quarta-feira (05), porém, o cadáver só foi encontrado na tarde desta quinta-feira (06), em Tangará da Serra.

Corpo de Luiz Henrique foi encontrado em meio a um matagal próximo à prefeitura de Tangará da Serra.


- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


Luiz Henrique Oliveira de Souza, 28 anos, foi executado a tiros na cabeça e o corpo encontrado na tarde desta quinta-feira (06), com sinais de requintes de crueldade, mãos e pés amarrados, em meio a um matagal do bairro Monte Carlo, região próxima à Prefeitura de Tangará da Serra (239 km da Capital).


O cadáver foi encontrado por um popular que passava pela região e denunciou o encontro de cadáver a Polícia Militar (PM).


Os militares constataram a veracidade da denúncia e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.


Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado, constataram perfurações causadas por tiros na região da cabeça e calcularam que o rapaz tenha sido assassinado na noite anterior.


Os investigadores técnicos ainda periciaram o local para coletar evidências que determinem as circunstâncias do homicídio e ajude a identificar os assassinos.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia, que vai determinar a causa clínica da morte.


Até a publicação desta reportagem ainda não havia informações sobre a identificação de suspeitos nem o que teria motivado o crime, embora Luiz Henrique tenha passagens criminais por tráfico e porte ilegal de arma de fogo.


A ligação com o crime pode estar associada à execução do rapaz.

Os policiais civis acompanharam o trabalho da perícia e deram início às investigações.

Repórter MT