Buscar

Homem desaparecido tinha problemas com dívidas e passagens pela polícia, afirma delegado

Esposa pode ter sido morta apenas por estar junto com marido

- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


De acordo com o delegado João Antônio Batista Ribeiro Torres, responsável pelas investigações sobre o casal desaparecido em Porto dos Gaúchos, aponta que uma das vítimas, Valdir Henning, de 45 anos, era conhecido por ser “caloteiro” e tinha diversas dívidas. “Tinha problemas em pagar certos credores, enfim”.


O delegado também afirma que, o local onde os corpos foram localizados era alvo de brigas fundiárias, mas que ainda não pode relacionar o crime com essa situação. “Aquela terra onde foram encontrados era uma terra com disputas recentes e passadas. A gente sabe que já morreram gente lá por disputa de terra”.

Sem dar muitos detalhes, o delegado confirmou que Valdir tinha passagens pela polícia.

Em relação a Tatiane, uma das linhas de investigação é que ela tenha sido morta por estar junto com o marido, como queima de arquivo. “Não tem ninguém que fale dela de forma desabonadora, inclusive a gente pensa que pode sim ser uma consequência, uma sequela, se for os dois, desse homicídio”, completa o delegado.


Por estar no início das investigações, a polícia também trabalha com a hipótese de ser um latrocínio. “A gente sabe que a vítima estava com dinheiro na caminhonete, era um homem que andava com bastante ouro, correntes, pulseiras, enfim, o leque atual é muito grande”.

Valdir e Tatiane estavam desaparecidos desde o dia 28 de abril, quando saíram para ir até Itanhangá, mas não retornaram mais para Porto dos Gaúchos.


O delegado ainda aguarda o resultado dos exames de DNA para confirmar se os corpos encontrados carbonizados são realmente do casal. A placa e o modelo da caminhonete que foi destruída pelo fogo também coincidem com o veículo que pertencia as vítimas.

O casal foi localizado a cerca de 80 km de onde havia uma árvore tombada na pista, para dificultar a passagem de veículos, lugar onde pode ter acontecido a emboscada.

Capital Notícia