Buscar

Gama perde em casa para o Nova Mutum e cai para sexto no grupo da Série D

Time alviverde teve atuação abaixo do esperado jogando como mandante, perdeu para os mato-grossenses e caiu na tabela do grupo A5


Foto: Gabriel Teles /Ascom Gama

- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


A tarde de sábado (26/6) não trouxe alegrias para os torcedores do Gama. Estreando o novo uniforme em casa, o time não soube fazer valer o fator de ser mandante na quarta rodada da fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro, teve uma atuação abaixo do esperado diante do Nova Mutum e acabou derrotado por 3 a 0, no estádio Abadião, em Ceilândia.

O resultado negativo deixou o alviverde pela primeira vez fora do grupo de classificação. Logo nos primeiros minutos, um erro de posicionamento do goleiro Douglas complicou a vida alviverde, que ainda viu os mato-grossenses aumentarem a vantagem na etapa inicial. Abaixo do ritmo necessário para reagir, o time gamense não conseguiu imprimir qualidade e acabou sofrendo outro gol no segundo tempo.


Nova Mutum abre boa vantagem no Abadião

Vindo de derrota fora de casa para o União Rondonópolis, o Gama iniciou a partida buscando os três pontos, aproveitando o mando de campo. Mas foi o Nova Mutum que se impôs primeiro e, logo aos três minutos de bola rolando, o time visitante abriu o placar após bela cobrança de falta. Gustavo Nogy chutou forte e a bola encobriu o goleiro Douglas, que estava adiantado e falhou na defesa. Esse foi o primeiro gol de Nogy na competição.


Com vantagem no placar, o Nova Mutum pressionou o Gama, que logo voltou a mandar no jogo e ficando a maior parte do tempo no campo de ataque. Mas, apesar da pressão, as duas equipes tinham dificuldade em finalizar, e os goleiros não tiveram que fazer nenhuma grande defesa. Aos 17 minutos, o time da casa teve a chance de empatar a partida com Fernandinho, que chutou rasteiro no canto direito de Gustavo, mas a bola passou direto.

O Gama continuou tentando o gol de empate, mas o nervosismo foi tomando conta da equipe e o primeiro cartão amarelo saiu, Germano aos 35 minutos. O Nova Mutum aproveitou a distração da zaga alviverde e ampliou o placar com Abner, que fez o seu primeiro gol na Série D e o 2º do time mato-grossense na partida.

A placa informou mais quatro minutos de acréscimos e o time visitante administrava o placar favorável, aguardando o encerramento da primeira etapa do jogo. Antes do juiz apitar, Fernandinho teve chance de diminuir, mas desperdiçou o gol.


Gama volta bem para o 2º tempo, mas não evita outro gol

Sem mudanças, Gama iniciou a segunda etapa da partida pressionando o Nova Mutum, e o goleiro Gustavo faz mais defesas que no 1º tempo. O jogador Vitinho, que estava afastado por ter sido infectado com covid-19, entrou no lugar de Fernandinho. Mais alterações foram feitas dos dois lados e, antes de ser substituído, Matheus, do Nova Mutum, cometeu falta e levou o segundo amarelo do jogo.

Com os nervos à flor da pele, os jogadores do Gama se irritaram após a bola tocar no braço do zagueiro mato-grossense na área, e o árbitro não interpretar como pênalti. O Nova Mutum não se importou com as reclamações do time mandante e acabou com a esperança verde, marcando o terceiro gol da partida.

Com erros de passe e sem conseguir chegar ao gol adversário, o Gama teve sua última chance clara de gol com Igor Paim, que girou e chutou forte, mas a bola subiu demais. Minutos depois, Igor deixou o braço no rosto de Léo Campos e levou cartão amarelo.

Com a segunda derrota seguida, o Gama caiu para a 6ª posição na tabela de classificação. O próximo confronto é contra o rival Brasiliense, que também perdeu na rodada. O clássico acontece no próximo sábado (3/7), às 15h, no Serejão, com o mando de campo do time amarelo.

Gama 0 Douglas; Gabriel, Vinicius, Wendel e Gabiga; Carrilho, Germano (Wallace) e Felipe Menezes (Flávio); Fernandinho (Vitinho), Robertinho (Igor Paim ) e Hugo Almeida. Técnico: Adailton Martins

Nova Mutum 3 Gabriel Oliveira; Léo Campos, Saulo e Taison; Gustavo Nogy , Bruno Domingues e Jonathan Cabeça; Hugo (Jhonathan Moc), Matheus (Romário ) e Abner (Felipe Augusto). Técnico: William de Mattia

Distrito do Esporte