Buscar

Ex-secretário de Estado é preso em operação contra tráfico internacional de drogas

Borgatto teria participação em um esquema de transporte de cocaína para Portugal

O ex-secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgatto (PSD) foi preso na manhã desta terça-feira (19) pela Polícia Federal durante a Operação Descobrimento. O político, que é pré-candidato a deputado federal, é acusado de participar de um esquema de tráfico internacional de drogas, especificamente o envio de cocaína para Portugal.



Durante a operação, estão sendo cumpridos 46 mandados de prisão e 9 mandados de prisão. Um deles foi o de Bogatto, que foi cumprido na apartamento dele, localizado em um prédio de alto padrão na avenida Presidente Marques.


As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça da Bahia e serão cumpridas em Mato Grosso, São Paulo, Rondônia e Pernambuco. Em Portugal, com o acompanhamento de policiais federais, a polícia portuguesa cumpre três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva nas cidades do Porto e Braga.


As investigações tiveram início em fevereiro de 2021, quando um jato executivo Dassault Falcon 900, pertencente a uma empresa portuguesa de táxi aéreo, pousou no aeroporto internacional de Salvador/BA para abastecimento.


Após ser inspecionado, foram encontrados cerca de 595 kg de cocaína escondidos na fuselagem da aeronave.


A partir da apreensão, a Polícia Federal conseguiu identificar a estrutura da organização criminosa atuante nos dois países, composta por fornecedores de cocaína, mecânicos de aviação e auxiliares (responsáveis pela abertura da fuselagem da aeronave para acondicionar o entorpecente), transportadores (responsáveis pelo voo) e doleiros (responsáveis pela movimentação financeira do grupo).


(Com informações da Assessoria)


Siga @Portalmtnews e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp – CLIQUE AQUI.