Buscar

Ex-presidiário é executado a tiros enquanto carregava tornozeleira; irmão encontra corpo

Crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (05), na Comunidade Cachoeirinha, em Araputanga.

Gilmar Marques Pereira Ramos, 37 anos, foi morto a tiros na madrugada desta quinta-feira (05), enquanto estava em um bar, na Comunidade Cachoeirinha, em Araputanga (345 km de Cuiabá). Ele era tornozelado.

De acordo com a Polícia Militar, o irmão de Gilmar relatou que estava em sua casa quando ouviu um barulho de tiros.

Ao ver o que estava acontecendo, já encontrou o irmão caído.


O homem ainda disse aos policiais que ouviu conversas e um som ligado, mas nada suspeito. Gilmar estava carregando a tornozeleira eletrônica quando foi executado.


Até a publicação desta reportagem, o autor do crime não havia sido encontrado. Também não há informações sobre a motivação do crime.


O local foi isolado até a chegada da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), que deu início aos trabalhos de investigação.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

A Polícia Civil apura o caso.


João Aguiar/RepórterMT

FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) -CLIQUE AQUI