Buscar

Ex-candidato a vereador é executado a tiros dentro de casa em MT

DA REDAÇÃO

O ex-candidato a vereador Otoniel dos Santos Cunha, de 34 anos, assassinado a tiros na noite desta terça-feira (13), tinha histórico de passagens pela polícia. No ano passado, ele foi preso temporariamente após ter seu nome envolvido no sequestro e morte de Uender Souza de Oliveira, 22 anos, no município de Carlinda (761 km de Cuiabá).


PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) -CLIQUE AQUI


O ex-candidato ficou preso por 30 dias e depois foi liberado. Ele aguardava o julgamento em liberdade.


MORTE E SEQUESTRO


Uender havia deixado a prisão há menos de um mês quando foi sequestrado, supostamente após ser confundido com seu irmão. Na ação criminosa, os bandidos invadiram a residência onde a vítima morava com a família, o amarraram e o levaram. A mãe e a irmã da vítima foram testemunhas do sequestro. Após 28 dias de buscas, o corpo do rapaz foi localizado em uma zona de mata às margens da rodovia MT-419.

No assassinato de Otaniel, na noite de ontem, o modus operandi foi parecido. Os criminosos também invadiram a casa a vítima e executaram a Otaniel na presença dos pais.


O Corpo de Bombeiros esteve no local e chegou a dar os primeiros socorros ao homem, mas sem êxito.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local e iniciou os trabalhos de investigação. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame de necropsia.

Ainda não há detalhes de quem atirou sobre quem atirou no homem ou suas motivações.

O caso será investigado pela Polícia Civil.