Buscar

Em MT, MP denuncia mãe de 22 anos por homicídio e ocultação do cadáver do filho


- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


O Ministério Público do Estado (MPE) denunciou Ramira Gomes da Silva, de 22 anos, pela morte de seu filho recém-nascido e pela ocultação de seu corpo. Crime aconteceu no dia 14 de maio deste ano, em Sorriso (a 420 km de Cuiabá).

A 2ª Promotoria de Justiça Criminal do município apontou que a mãe agiu por motivação torpe mediante meio cruel e com recurso que dificultou a defesa da vítima. Atualmente, ela está presa na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

Conforme já noticiado, corpo da criança foi encontrado enterrado no quintal da casa de Ramira por um cachorro. Ele, contudo, estava sem os braços e sem as pernas. Mãe foi encontrada em Rondônia e, quando interrogada, confessou o crime.

Investigações apontam que a mulher desejava se mudar para outro estado, onde mora a mulher com a qual começou a se relacionar virtualmente. Para facilitar a mudança, Ramira teria, então, matado o filho.

Após o crime, ela amputou os quatro membros do corpo da criança em cima da pia da cozinha de casa e jogou-os no lixo. Em seguida, enterrou os restos no quintal de sua residência.

Rd News