Buscar

Com orações, bolsonaristas pedem nova constituição em protesto em Brasília

Entoando orações e gritando palavras de ordem, manifestantes também pedem intervenção militar e a criminalização do comunismo

- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


Com faixas pedindo a intervenção militar, uma nova constituição e a criminalização do comunismo, apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro, estão reunidos na Esplanada dos Ministérios na manhã desta sábado (15/5). O ato foi convocado pelo próprio chefe do Executivo e organizado por representantes do agronegócio e movimentos em defesa de Deus e da família.

No início da manhã, caminhões já ocupavam três faixas da via N1, entre a rodoviária do Plano Piloto e o Congresso Nacional. Milhares de manifestantes, muitos sem máscara e desrespeitando as medidas de distanciamento social, aglomeram-se entoando palavras de apoio à Jair Bolsonaro, orações e cânticos de louvor.

Por volta das das 10h, representantes de movimentos ligados à igrejas conclamaram os apoiadores para um momento de oração em defesa do presidente, da direita organizada e contra o comunismo. A chegada do presidente está prevista para as 15h.

Intitulado “Eu autorizo, presidente”, o ato tem como principais articuladores a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), a Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra (Andaterra) e a Associação dos Cafeicultores do Brasil (Sincal).

Correio Braziliense