Buscar

Com atleta de MT em quadra, Brasil leva ouro inedito nas paralímpiadas


- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) -CLIQUE AQUI


Pela primeira vez na história, o Brasil é campeão no goalball, modalidade paralímpica. A seleção masculina conseguiu o feito inédito ao superar a China pelo placar de 7-2 na manhã desta sexta-feira (3), em Tóquio. O trio Parazinho, Romário e Leomon fiz uma campanha histórica.

Romário Marques, atleta do Instituto de Cegos do Estado de Mato Grosso (ICEMAT) e capitão da seleção brasileira, esteve em quadra e anotou um dos gols da equipe brasileira na grande final. Ele é nascido em Natal, no Rio Grande do Norte, mas se considera mato-grossense de coração.


Por coincidência ou não, quis o destino que a história de Romário e da equipe brasileira fosse escrita do outro lado do mundo. Há 13 anos, nos jogos paralímpicos de Pequim-2008, vencido pelos donos da casa, o time brasileiro terminou as paralimpíadas apenas na 11ª colocação.

Quatro anos depois, o time de goalball do Brasil começou a fazer história. Medalha de prata e pódio inédito nos Jogos de Londres-2012. Em casa, na Rio-2016, novamente pódio, agora com o bronze. Romário esteve em todas as edições.


Rodrigo Costa - Especial para o GD