Buscar

Chuvas Elevam Nível De Rios E Provocam Danos No Maranhão

Inmet emite alerta sobre risco de novas precipitações

Secretaria de Segurança Pública do Maranhão

As chuvas que atingem, há semanas, vários estados brasileiros, como Bahia, Minas Gerais, Piauí e Tocantins, estão causando danos também em municípios do Maranhão.


Em Imperatriz, segunda maior cidade do estado, a prefeitura informa que 823 pessoas foram diretamente afetadas pelas chuvas, que começaram em outubro e se intensificaram nos últimos dias. Só nesta segunda-feira (3), choveu, em apenas 13 horas, o equivalente a 120 milímetros – volume esperado para dois meses.


“Atualmente temos 439 pessoas nos abrigos [públicos], um número consideravelmente grande. E muitas dessas pessoas perderam tudo”, diz, em nota, o superintendente de Proteção e Defesa Civil de Imperatriz, Josiano Galvão, ao lembrar que os órgãos municipais já vinham se preparando para aquela que pode ser a estação chuvosa “mais rigorosa dos últimos anos” na região.


A cerca de 600 quilômetros de Imperatriz, a cidade de Mirador foi parcialmente alagada pelas chuvas de hoje (4). Segundo a prefeitura, o temporal que atingiu o município causou a cheia do Rio Itapecuru. A força das águas arrastou pontes e erodiu o solo, fazendo inclusive com que estradas cedessem. A prefeitura calcula que mais de 6 mil pessoas foram diretamente afetadas pela situação.


Nas redes sociais, o governador Flávio Dino diz que está acompanhando os trabalhos da comitiva do governo estadual que se deslocou para Mirador e que, tão logo seu estado de saúde permita, visitará as cidades maranhenses atingidas pelas chuvas e pelo transbordamento de rios. Ontem, Dino foi diagnosticado com covid-19.


O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu hoje um alerta laranja, indicativo de perigo, com riscos potenciais de chuvas e ventos intensos (60-100 km/h) para parte do estado.


FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) -CLIQUE AQUI