Buscar

Chamamento público para construção da Ferrovia é anunciado pelo Governo Estadual

Segundo o governo matogrossense, o projeto tem previsão de ser concluído em sete anos e deve envolver investimentos da ordem de 12 bilhões de reais.

- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) -CLIQUE AQUI


O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, anunciou nesta segunda-feira (20), um edital público para construção da ferrovia estadual que vai ligar os municípios de Rondonópolis à capital Cuiabá e ao município de Nova Mutum, facilitando assim o escoamento da produção agrícola, bem como comercial e industrial. Segundo o governo matogrossense, o projeto tem previsão de ser concluído em sete anos e deve envolver investimentos da ordem de 12 bilhões de reais. A licitação usará o modelo de regime privado, por meio do qual o investidor assume todo o risco do projeto. A concessão terá prazo de 45 anos de operação.

Na semana passada o Prefeito Leandro Félix esteve reunido com o Vice Governador Otaviano Pivetta e o Presidente da Ruma Logística, João Alberto Fernandez de Abreu para tratativas inerentes ao projeto ferroviário que chegará a Nova Mutum.

“Esses encontros serve para fortalecer ainda mais esse projeto que é de suma importância para o nosso município”, disse Leandro Félix, Prefeito de Nova Mutum.

Desde o ano passado, a Rumo já vinha indicando interesse em participar de uma extensão da malha ferroviária no Mato Grosso, para interligar regiões do Estado à malha federal.

"Tivemos diálogo com o governo federal a esse respeito", afirmou o governador Mauro Mendes em transmissão, ao anunciar o chamamento público da concorrência.

O agronegócio responde por cerca de metade do Produto Interno Bruto (PIB) do Mato Grosso, que é uma das principais regiões produtoras de grãos e carne bovina do país.


por GCOM com Assessoria | Foto: Arquivo