Buscar

Caravana de agricultores de Nova Mutum participaram do evento “Brasil Verde Amarelo” em Brasília

Redação/Wesley Moreno Nova Mutum-MT

- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) - CLIQUE AQUI


Entidades de produtores rurais nos Estados organizam para o dia 15 de maio atos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e pelo fim das medidas de isolamento social adotadas por governadores e prefeitos. Os organizadores afirmam ter o apoio de mais de 100 sindicatos rurais e pretendem mobilizar manifestantes para se concentrar na Granja do Torto, em Brasília, uma das residências oficiais do presidente.


O evento tem como principais articuladores a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), a Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra (Andaterra) e a Associação dos Cafeicultores do Brasil (Sincal). A mobilização é feita por meio de sindicatos vinculados às federações da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA).

Nesta quarta-feira (12), representantes do agronegócio se organizaram e partiram rumo a Brasília.

“Hoje nós estamos de saída na caravana de caminhões que está indo para Brasília, tá fazendo parte diversos municípios aqui do Estado que estão mandando caminhões que vão engrossar o “Brasil Verde Amarelo”, lá em Brasília”. Destaca Emerson Zancararo, o produtor Rural de Nova Mutum – MT.


Emerson Zancanaro comentou sobre a quantidades de veículos que partiram rumo a capital federal na manhã de quarta-feira e sobre a expectativa de mais adesões por parte dos agricultores.


“Nós temos em torno de 07 caminhões que estão indo a Brasília, e devem chegar no sábado de manhã em Brasília. Estamos esperando em torno de 150 a 200 pessoas que estão escritas no momento para participar no movimento lá. Todas as regiões do Brasil estão confirmadas no movimento do dia 15”. Conclui Zancanaro.

"Respeito à liberdade do povo, fim das políticas de lockdown, eleições com voto auditável. Estas são as pautas que o Movimento Brasil Verde e Amarelo, o agro e o povo pela democracia defenderão durante a manifestação do dia 15 de maio, em Brasília e nas principais capitais e cidades do país", disse a presidente da Comissão de Agricultura, deputada Aline Sleutjes (PLS-PR) nas redes sociais.

Ex-presidente do PSL em Sinop (MT), o produtor rural Emerson Antoniolli é um dos organizadores do evento.