Buscar

Associação afirma que caminhoneiros de Mato Grosso descartam paralisação

Rogério Florentino / Olhar Direto

- FIQUE ATUALIZADO: PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE BEM INFORMADO (NOTÍCIAS, VAGA DE EMPREGO, UTILIDADE PÚBLICA) -CLIQUE AQUI


Enquanto algumas entidades e associações que representam caminhoneiros avaliam a possibilidade de realizar uma paralisação nacional a partir de domingo (25), em Mato Grosso a categoria descarta interromper suas atividades. Quem afirma é o vice-presidente da Associação dos Transportadores Rodoviários Mato-grossense (Atrom), Mauri Soares.

Ao Portal Sorriso, Soares frisou que "na nossa região não tem nada em discussão sobre paralização”.

Já em outros estados, há descontentamento de parte da categoria com promessas não cumpridas pelo governo Jair Bolsonaro e com as altas recentes do preço do óleo diesel.

Conforme noticiado pelo R7, site da Record TV, entre as insatisfações também são citadas o fim da isenção do PIS/Cofins sobre o diesel, os preços elevados dos insumos para o transporte de cargas e a falta de fiscalização do piso mínimo do frete.

Uma das entidades que decidiu apoiar a paralisação é o CNTRC (Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas), cujo presidente é Plínio Dias.

Portal Sorriso